quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Não sei.


Não sei quem voçê é,nem de onde veio,mais sei que partiu meu coração ao meio.Não sei qual caminhos percorres-te até chegar perto de mim,mais deichou-me numa estrada que pareçe não ter fim.Não sei quem causou-lhe tamanha dor no coração,mais o estrago que fizes-te ao meu pareçe um vulcão.Não sei o que aconteçeu pra voçê se afastar, e a saudade que trago no peito faz minha alma chorar.Não sei e nada mais importa,quando voçê chegar vou correndo abrir a porta.Não sei o que faço da vida sem voçê,tudo que eu quero agora é te ver.

31 comentários:

  1. Assim disse o filosofo sei que nada sei...O amar é não saber e so nos damos conta quando perdemos...Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Nosssa muito bom, é bem assim que sentimos quando amamos e não somos amados
    vida triste essa que não nos faz se apaixonar por alguem que realmente nos ama neh?
    adoreii =)

    ResponderExcluir
  3. Texto muito bom!

    É complicado está na frequencia diferente do ser amado.
    É sempre doloroso.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Muito sentido, gostei :)

    Muito obrigado :)

    ResponderExcluir
  5. Oi , Maria do Carmo !

    Obrigada pela visita e pelo carinho ...
    Aqui , te seguindo.

    BjO.

    ResponderExcluir
  6. Quando o terrítório é coração, sabe que sempre fico perdida rssr
    é que, vou confessar, mas é segredo... eu também não sei ;)

    bjO

    ResponderExcluir
  7. Sentimento muito puro.

    Obrigada, e beijinho*

    ResponderExcluir
  8. Olá amiga!

    Agradeço sua simpática visita! Gostei do seu blog que já estou seguindo!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Hey minha querida, seu blog está lindo assim como suas palavras, estou te seguindo! grande beijo

    Dan

    ResponderExcluir
  10. Agradecendo e retribuindo o carinho da visita ... sentimento puro tudo aqui ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  11. Muito obrigado bom fim de semana :)

    ResponderExcluir
  12. Obrigada por seguires :)
    Ainda bem que gostas.te beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito e obrigada pelo comentário :*

    ResponderExcluir
  14. Perder alguem que se vai nos deixa exatamente assim,,,sem saber o que houve e porque houve,,,e é dificil reconstruir,,,uma bela semana pra ti amiga...beijos.

    ResponderExcluir
  15. Alguém que se apaixonou muito escreveu esse livro.
    Só quem sofreu de amor escreve algo assim xD


    bjaum!


    www.suportedamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. As flores refletem bem o verdadeiro. Quem tenta possuir uma flor verá a sua beleza murchando. Mas quem olhar uma flor no campo permanecerá para sempre com ela. - Brida

    Paulo Coelho

    Feliz e abençoada semana...Beijos! M@ria

    ResponderExcluir
  17. Ai , ai o amor!

    Linda poesia, adorei!

    Obrigada pela visita em meu blog, volte sempre!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Que bom receber sua visita , amiga !
    Aqui também é tudo poesia ...

    Bjo e um dia cheio de Paz.

    ResponderExcluir
  19. Estimada e Simpática Amiga:
    Um poema soberbo e inquiridor de amor sublime.
    Parabéns. Fiquei maravilhado e deslumbrado por tudo o que vi aqui.
    Possui uma sensibilidade de ouro puro.
    Interroga e interroga-se. Perfeito. Magistral de enternecer.
    Adorei, bem como, a visita ao meu blogue.
    Escreve com beleza e encanto.
    Abraço amigo de respeito.
    Bem-Haja, pela ternura deixada expressa no meu blogue.
    Com respeito.
    Sempre a admirá-la.

    pena

    Apareça mais vezes, seria uma honra.
    MUITO OBRIGADO, amiga!
    Adorei.

    ResponderExcluir
  20. Beijo supercarinhoso pra desejar um dia de paz e muitas realizaçoes...

    ResponderExcluir
  21. Muito obrigado pelas palavras de apoio :)

    ResponderExcluir
  22. amizade consegue ser tão complexa...
    Deixa uns desanimados, outros bem felizes...
    É a alimentação dos fracos
    É o reino dos fortes

    Faz-nos cometer erros
    Os fracos deixam se ir abaixo
    Os fortes erguem sempre a cabeça
    os assim assim assumem-os

    Sem pensar conquistamos
    O mundo geral
    e construimos o nosso pequeno lugar
    deixando brilhar cada estrelinha

    Estrelinhas...
    Doces, sensiveis, frias, ternurentas...
    Mas sempre presentes em qualquer parte
    Os donos da Amizade...

    ResponderExcluir
  23. Muito bom o seu comentário la no meu blog...gostei daqui,se quizer me seguir,
    me segue ta.Bjos

    ResponderExcluir
  24. Muito obrigado, eu sei que existem ;) conheço algumas :)

    ResponderExcluir
  25. Estimada e Brilhante Amiga:
    MUITO OBRIGADO pela sua ternura no meu blogue.
    Também escreve com beleza e encanto lindos.
    Parabéns.
    Beijinhos amigos ao seu talento inequívoco e deslumbrante de magia doce.
    Com respeito imenso pelo que concebe de fascínio.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Bem-Haja, linda amiga.
    São uma honra os seus comentários extraordinários. De maravilhar.
    Fico imensamente grato.
    A sua escrita é divinal e magistral.

    ResponderExcluir
  26. Quando tudo é tão tudo
    e ao mesmo tempo é nada,
    equilibro a rebeldia do tempo,
    no consumo das horas
    onde minha alma se reveste de paz

    Conceição Bentes

    Boa Noite!Beijos primaveril! M@ria

    ResponderExcluir
  27. Acho o contrario, só consegue partir o nosso coração quem pelo menos a nossa alma reconhece...

    Fique com Deus, menina Maria do Carmo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir