quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Metade mulher,metade menina,será?


Metade mulher,metade menina.Sou um barco a naufragar nas fortes ondas do mar,sou um pássaro sem ninho,umandarilho sem caminho.Sou uma cabeça cançada em busca de um travesseiro.Sou uma lágrima de saudade,um poço de ançiedade,sou um conflito interior,querendo paz e amor.Sou a menina que chora ao ver o pássaro na gaiola.Sou metade mulher ,metade menina,esta mistura as veses me fascina.Sou um soldado na batalha tentando derrubar a muralha.Sou um pedaçinho de gente,apenas uma semente que o vento transportou,sou tudo ,sou nada,nada sou sem seu amor.Sou os pingos da chuva caindo sobre a terra,faço meu tempo ,suporto esta espera. Sou os raios de luar iluminando a multidão,sou alguém querendo abrigo dentro do seu coração.

20 comentários:

  1. Nossa ameiii*--*
    "Sou os raios de luar iluminando a multidão,sou alguém querendo abrigo dentro do seu coração. "
    terminou com chave de ouro rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito bom mesmo :)

    Muito obrigado eu irei conseguir tudo que quero :)

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado sempre simpatica :)

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pelas palavras, assim fico sem jeito :$... não nunca publiquei livro, nem penso em fazer...mas obrigado pelo apoio :)

    ResponderExcluir
  5. Poeta não, escrevo apenas o que me vai na alma, o que me vai acontecendo, o que simplesmente sinto... Muito obrigado :)

    ResponderExcluir
  6. Você me fez lembrar do filme Divã, já ssistiu?
    em que a Mercedes (lilia cabral) fala pro terapeuta "ah dr. sou tantas ao mesmo tempo, prepare-se para uma terapia em grupo" na hora soa engraçado, mas pensando bem, é uma grande verdade.

    bjok

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Acredito que todos nós smepre amamos pessoas erradas e lutamos para esquece-las e é muito dificil mais o tempo ajuda tudo batsa ter força de vontade que se tudo der certo você também esquece =)
    Ahh Obrigada também gosto muito de seus poemas e poesias =)
    Beijoos

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema que Deus te abençoe ricamente

    ResponderExcluir
  9. Sobreviveu e irá sobreviver ate que a minha alma cá esteja ;)

    ResponderExcluir
  10. Somos tanta coisas, pena que as vezes esquecemos que também podemos ser maiores do que os nossos medos...

    E bonita poesia.

    Fique com Deus, menina Maria do Carmo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  11. Olá Maria...

    Só hoje vi seu comentário em uma de minhas postagens. Me desculpe pela falta de atenção.

    Seu blog é lindo! E essa poesia que acabei de ler é muito encantadora! Parabéns!

    Sigo-te feliz.
    Beijos da Sil
    Sempre aqui.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do teu cantinho querida.
    Lindo poema, intenso, deicado...
    Transparência eu diria.

    Beijo.
    Fenanda.

    ResponderExcluir
  13. Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudades, mas não estará só.

    ResponderExcluir
  14. Vc não é uma mulher qualquer é uma MULHER, com letras maiúsculas....
    boa pessoa, honesta sincera trabalhadora corajosa, aventureira, por vezes orgulhosa, mas isso também sou... e principalmente uma amiga que nunca tive!!!!!
    bjo grande

    ResponderExcluir